26 Maio 2007


Gosto de pesto feito em casa – tem um sabor mais intenso e fresco, sem comparação com o que se compra no supermercado. Hoje, à falta de pinhões comprados na Nazaré, usei caju, e o pesto fica igualmente bom e mais barato.

Optei por um esparguete de tomate, para dar mais cor ao prato, e aproveitei uma promoção de atum para enriquecer o prato. Em vez de atum, pode usar frutos do mar – experimente com umas amêijoas, mexilhões ou com camarão descascado.

Para o pesto:
Manjericão: 60 grs de folhas
Parmesão: 40 grs, ralado
Caju: 40 grs
Alho: ½ dente pequeno, picado.
Azeite: q.b.
Sal: q.b.

No pesto, as quantidades são indicativas. Eu faço completamente a olho, e vou provando e ajustando as quantidades. Junte num copo misturador as folhas de manjericão (sem as hastes), o parmesão e o caju. Prima o botão de “pulse” algumas vezes para desfazer os ingredientes. Junte o azeite (entre 50 a 100 ml, ou até mais) e prima novamente o “pulse” para misturar. Não desfaça tudo em puré fino: é mais agradável ter um pesto grosseiro, e eu gosto dele espesso, com menos azeite. Hoje substituí o alho por gengibre, e resulta bem.


Para o esparguete:

Esparguete: 300 grs
Sal: q.b.
Azeite: q.b.

Leve 2,5 a 3 litros de água a ferver. Junte o sal e um fio de azeite. Coza o esparguete pelo tempo que a embalagem indicar, mas vá verificando, para garantir que fica al dente.


Para o atum:
Lombo de atum: 500 grs
Sal: q.b.

Corte o lombo em blocos sobre o comprido a acompanhar o veio da carne, com uns 3 cm de altura e largura, e uns 7 a 10 cm de comprimento. Aqueça bem a chapa ou uma frigideira anti-aderente e deite um pouco de azeite. Passe o atum por 1 a 2 minutos, de cada lado do bloco. Eu gosto dele quase cru (aliás, eu gosto dele cru, mas assim braseado fica muito saboroso) mas o importante é que não fique todo passado, para não ficar ressequido.

Sirva fatiando o atum, e espalhando algum pesto sobre a massa. Eu levo uma tacinha de pesto para a mesa, para que os aficionados possam acrescentar a gosto.

24 Maio 2007

Comprei a maquineta da foto numa ida ao Brasil. Chama-se “Fácil D+” e prometia ser uma revolução na cozinha – tudo mais rápido, com menos gordura, e fácil de limpar. Enfim, até soava fácil demais, como diz o nome.

Para surpresa minha, faz um bolo em 9 minutos apenas. Serve para grelhar carne, peixe e legumes, fazer crepes, e pode-se dizer com toda a justiça que faz tostas mistas.

É no entanto perigosa. Pesada, difícil de manusear, com pegas de madeira pequenas, e ao menor descuido queimamos os dedos. É vendida em sessões de demonstração, por uns inacreditáveis 100 reais (quase 40 euros), o que me parece muito caro para uma espécie de cataplana mal acabada. Não foi a minha melhor compra, mas aqui vai a receita de um pequeno bolo de laranja, feito em 9 minutos.

Ingredientes:

Ovos: 3
Açúcar: 150 grs
Óleo: 6 colheres de sopa
Sumo de 1 laranja
Farinha: 150 grs
Raspa de ½ laranja

Bata as gemas com o açúcar. Junte o óleo e depois o sumo de laranja. Deixe a mistura bem homogénea. Adicione a farinha a pouco e pouco, e por fim as claras batidas em castelo e a raspa de laranja.

Leve a Fácil D+ a lume forte. Deite-lhe margarina vaqueiro, deixe derreter e espalhe bem por ambos os lados da Fácil D+. Aqueça bem um dos lados. Vire esse lado para cima, abra a Fácil D+ e deite a massa do bolo. Feche. Baixe para lume brando e aguarde 5 minutos. Vire a Fácil D+ e aguarde 4 minutos. O bolo está pronto a servir.

Nesta minha terceira tentativa, contei os minutos a olho, e deixei um dos lados do bolo um pouco mal cozido, mas ficou bom.

21 Maio 2007

Este sábado levei meio cabritinho ao forno. À falta de batatas que chegassem, improvisei um arroz que saiu melhor do que esperava.

Para o cabrito:

Cabrito: 2 a 3 quilos
Alho: 3 dentes
Rosmaninho: 3 a 4 hastes
Alecrim: 3 a 4 hastes
Pimenta: 10 grãos
Sal: 1 colher de chá
Vinho branco: 1 copo
Azeite: q.b.
Vaqueiro: 50 grs
Louro: 1 folha
Batatas: 6 a 8, pequenas e com pele.

Corte 3 dentes de alho, e desfolhe entre os dedos 3 a 4 hastes de rosmaninho e 3 a 4 hastes de alecrim. Junte no pilão com o sal e a pimenta preta e pise bem. Junte 2 a 3 golpes de azeite e pise um pouco mais.

Molhe o cabrito com meio copo de vinho branco, e besunte-o com a pasta de alho e ervas. Espalhe despreocupadamente algum sal e pimenta do moinho. Após um mínimo de 2 horas de marinada, deite-lhe uns valentes golpes de azeite e o resto do vinho. Cubra alguma da carne com fatias de margarina Vaqueiro e uma folha de louro para aromatizar. Leve a forno médio (160º a 180º), virando uma vez. No tabuleiro, ponha algumas batatas para assar, com pele.

Para o arroz:

Azeite: 50 cl
Alho: 1 dente
Chouriça: 6 a 8 fatias
Cogumelos: 50 grs
Arroz: 1 chávena
Água: 3 a 4 chávenas
Sal: q.b.

Leve o azeite ao lume com 1 alho pisado e com a chouriça fatiada. Apure um pouco e junte-lhe cogumelos laminados, e o arroz, para que absorva alguns aromas. Junte a água e deixe cozinhar. Tempere a gosto.

Servi montando o arroz, a carne e o tomate, as batatas de lado, algum nabo em palitos finos, umas folhas de hortelã, e líquido do tabuleiro do cabrito.

Agradeço à minha tia Laurinda, que fez a chouriça, muito saborosa, embora ela se queixe que tiveram pouco tempo de fumeiro.

Ainda tenho de pedir às tias as receitas de chouriça... mesmo que me falte o espaço para o fumeiro à alentejana.

15 Maio 2007


Estava à procura de uma entrada para um jantar de família especial e dei com esta receita da Elvira. Experimentei e saiu muito bem - toda a gente gostou. Os sabores da lima e do gengibre dão um toque diferente e muito agradável aos camarões.
A única diferença que notei face à receita original foi nos tempos - precisei de mais tempo de frigideira; mas provavelmente foi por ter usado camarões grandes, que não cozinham tão rapidamente.


Ingredientes (4 pessoas):
600g de camarão médio/grande
20g de gengibre fresco
2 colheres de sopa de azeite
4 colheres de sopa de sumo de lima
1 colher de sopa de molho de soja
coentros
pimenta


Preparação:
Comece por lavar o camarão em água corrente, secando-o bem.

De seguida, prepare a marinada, colocando num prato fundo o azeite misturado com 2 colheres de sumo de lima. Junte o gengibre, cortado finamente em palitos, e o molho de soja. Deite os camarões no prato, envolvendo-os bem na marinada. Deixe a repousar durante 2 horas.

Passado o tempo, coloque uma frigideira ao lume. Retire os camarões, escorrendo-os bem (reserve a marinada), e coloque-os na frigideira, salteando até começarem a ganhar cor - dependendo do tamanho, poderá demorar de 2 minutos a alguns mais.

Nesta altura tempere com pimenta e acrescente o restante sumo de lima e a marinada, deixando ferver até os camarões estarem cozinhados. Retire-os do lume, espalhe coentros picados por cima e sirva.

13 Maio 2007

Depois de umas férias por terras distantes, eis-me de volta, e com vontade de comer arroz doce.

Esta é a segunda de 3 variantes que estou a experimentar com arroz doce. De tempos antigos que passei em Inglaterra ficaram-me algumas memórias, e o sabor intenso do lemon curd faz parte do reportório. Gosto muito de limão, e sou capaz de comer metade de um limão com o mesmo prazer de quem come uma laranja. Por falar em laranjas, recordo-me de ter feito há alguns anos atrás um arroz doce em que a laranja substituiu o limão – que desgraça...

Nesta receita, o habitual travo de limão no arroz doce sai muito reforçado com o lemon curd, numa receita dedicada a amantes do limão.1

Faça o arroz doce, podendo seguir esta receita.

Para o lemon curd:

Limões: 2
Ovos: 2
Açúcar: 150 grs
Vaqueiro: 120 grs
Farinha maizena: 1 colher de sopa, rasa.

Bata os ovos levemente. Junte o açúcar, a raspa e sumo dos 2 limões, a margarina Vaqueiro, e a colher de maizena.
Leve a lume brando, evitando que ferva, por 6 a 8 minutos, deixando engrossar. Baixe o lume para o mínimo e deixe cozinhar por mais 1 a 2 minutos.

Disponha o arroz em tabuleiro, e polvilhe toda a superfície com canela. Enfeite com o lemon curd. Se engrossar o lemon curd com um pouco mais de farinha maizena, poderá usar um saco de pasteleiro com um bico fino para fazer a decoração.
 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff