30 Junho 2009

Tinha uns bons nacos de salmão a sobrarem do sushi da véspera, e achei que já não estavam em condições de servirem para mais sushi. As ideias colaram-se umas às outras e resultou este prato adocicado de bom efeito visual. Acompanhei com uma pequena tacinha de molho de soja diluído com sumo de lima. Aqui, o Chef Spadanini sugere substituir o molho de soja por molho de peixe, muito comum no Sudoeste Asiático, mas que já se consegue encontrar em algumas lojas. As quantidades são aproximadas. Simples, rápido e saboroso.

Para 4 pessoas:
2 postas grandes de salmão
Sumo de 1 limão
1 dl de vinho branco
Sal e pimenta q.b.

8 colheres de sopa de molho de soja
1 colher de sopa bem cheia de açúcar
1 colher de chá de canela

Preparação:

Corte o salmão em pequenos cubos de 1 cm e deixe marinar por 20 minutos no sumo do limão com o vinho, o sal e a pimenta. Misture o molho de soja com o açúcar e a canela. Leve o salmão a saltear em frigideira quente por 2 minutos e junte o molho de soja temperado. Deixe saltear até ficar bem dourado.

À parte, prepare um arroz branco, que vai a cozer com 5 a 6 folhas de erva-príncipe. Monte o arroz com um aro de cozinha e sirva o salmão por cima do arroz. Decore com ervas aromáticas e acompanhe com molho de soja diluído em sumo de lima.

28 Junho 2009


A ideia de fazer um sorvete de manjericão parecia-me estranha até ter provado um no restaurante La Moneda, em Lisboa. Era uma mistura de manjericão e limão que se tornava extraordinariamente refrescante. Fiquei com vontade de experimentar - e quando vi no livro de David Lebovitz a sugestão de acompanhar um gelado deste tipo com morangos em calda de limão, deixei de ter desculpas para não tentar. Aqui fica a receita (o sorvete foi adaptado daqui, e os morangos do dito livro), para uma sobremesa com um visual extravagante e um sabor diferente e bem fresco.


Ingredientes:

Para os morangos:
250ml de água
50g de açúcar
450g de morangos
1 limão

Para o sorvete:
500ml de água
150g de açúcar
60g folhas de manjericão
4 limas


Preparação:
Comece por preparar os morangos: junte a água, o açúcar e a raspa do limão num tacho e leve ao lume até ferver. Mexa com uma colher de pau até o açúcar se dissolver totalmente. Retire do lume e deixe arrefecer por completo. Corte os morangos em quartos e coloque-os num recipiente. Cubra com a calda de limão e leve ao frigorífico, deixando macerar de 1 a 4 horas.

Para o sorvete, leve a água e o açúcar num tacho ao lume até ferver, reduza o lume e deixe fervilhar mais 2 minutos. Retire e deixe arrefecer. Quando estiver frio, deite a calda num copo triturador e junte as folhas de manjericão e o sumo das limas. Triture bem. Deite a mistura na máquina de gelados, seguindo os tempos recomendados pelo fabricante.

Sirva colocando alguns morangos no fundo de uma taça. Regue com um pouco da calda de limão e coloque uma bola do sorvete por cima.

16 Junho 2009


O fantástico blog Flagrante Delícia, de Leonor de Sousa Bastos, tornou-se uma visita obrigatória desde que uma amiga mo recomendou. Já andava há algum tempo para experimentar algumas das receitas lá publicadas, mas só agora arrisquei, graças a uns belíssimos alperces que tinha em casa. Esta receita é óptima, simples e rápida. Atenção apenas ao tempo de cozedura do crumble - deixei o meu passar dos 12 minutos indicados e acabou por ficar muito mais escuro que o das fotos da Leonor. Ainda assim, o conjunto ficou mais do que aprovado!
Se ainda não o conhecem, espreitem o Flagrante Delícia - vão ver que vale bem a pena!


Ingredientes (6 pessoas):

Para o crumble:
50g de manteiga
50g de açúcar mascavado
50g de amêndoas
50g de farinha de trigo
flor de sal

Para o creme:
8 a 10 alperces maduros
2 limas
40g de açúcar mascavado claro
180g de chocolate branco
150ml de natas (cerca de 35% m.g.)


Preparação:
Numa tigela, junte todos os ingredientes do crumble e amasse bem até que fique homogéneo. Leve ao frigorífico por cerca de uma hora. Espalhe em pedaços num tabuleiro coberto de papel vegetal (na receita original, a Leonor recomenda usar uma rede larga de forma a que o crumble caia em pedaços pelos buracos da rede). Leve ao forno pré-aquecido a 170ºC por 12 minutos. Reserve.

Entretanto descasque os alperces, tire-lhes os caroços e corte em pedaços pequenos. Raspe a casca de uma das limas e esprema ambas, reservando o sumo. Deite os alperces numa frigideira e salteie em lume forte. Deite-lhe o sumo das limas, metade da raspa que reservou e o açúcar mascavado. Deixe cozer por cerca de 4 minutos. Retire do lume e divida por 6 taças de servir.

De seguida parta o chocolate branco em pedaços pequenos para um recipiente. Num tachinho à parte, ferva as natas com o resto da raspa de lima. Verta um terço das natas fervidas sobre o chocolate branco e mexa com uma colher ou com uma espátula de borracha - o chocolate começará a derreter e a misturar-se com as natas. Junte mais um terço de natas, mexendo sempre e termine com o terço final. Misture bem, até todo o chocolate estar derretido e misturado de forma homogénea com as natas. Deite sobre os alperces. Cubra com o crumble e sirva (pessoalmente prefiro levá-lo algum tempo ao frigorífico para ficar mais fresco, mas pode também ser servido morno).

05 Junho 2009

Eis uma receita que me acompanha há muitos anos. Consigo preparar a receita toda em 15 minutos, num frenesim intenso em que todos os minutos parecem contar. É simples de executar e não tem natas – esta moda das carbonaras com natas desvirtua as origens italianas e hoje em dia até os italianos já usam natas na carbonara. O molho é feito com os ovos, queijo parmesão e azeite com alho e gordura do bacon – é suficientemente rico e saboroso para dispensarmos por completo as natas.

Para 4 pessoas

Ingredientes:

12 novelos de tagliatelle por pessoa (3 por pessoa)
3 ovos inteiros
200 g de bacon
100 g de cubos de fiambre (opcional, mais para crianças…)
4 colheres de chá de queijo parmesão ralado (1 por pessoa)
4 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho, esmagado
Sal q.b.
Noz-moscada q.b.
Orégãos em abundância

Preparação:

Leve o tagliatelle ao lume com água abundante, seguindo as instruções do pacote. Corte o bacon em cubos pequenos (idem para o fiambre, se usar) e leve a alourar numa frigideira com o azeite e o alho. Numa taça bata os ovos com o queijo parmesão, noz-moscada e uma colher de chá de orégãos.

Escorra o tagliatelle, cozido al dente, para uma taça de vidro. Deite os ovos por cima e mexa. O calor da massa vai cozer os ovos e derreter muito levemente o queijo. Deite o bacon com o azeite por cima da massa e remexa. Para finalizar, polvilhe com mais orégãos e perfume com raspas de noz-moscada.

Sirva de imediato.

Pode juntar mais uma gema, que dará maior cremosidade ao molho.
 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff