03 março 2009

03 março 2009

Spaghetti al radicchio

11 comentários
 
Foi há muitos anos. Chamava-se Federica, e era tudo o que imaginamos numa italiana – bonita, de longos cabelos negros, esbelta, e dona de um enorme sorriso. Éramos estudantes em Lisboa e ela convidou-me a almoçar num fim-de-semana em casa dela. Fui, entusiasmadíssimo, como se pode imaginar. O almoço era… spaghetti al radicchio, e foi assim que aprendi a receita, e mais não se conta. O radicchio – a couve-roxa – vai ao lume com muito azeite por longos, longos minutos até ficar mole e serve-se com esparguete. Simples e saboroso.


Ingredientes para 4 pessoas:

400 g de couve-roxa
300 g de esparguete
150 ml de azeite
2 dentes de alho
Sal e pimenta q.b.

Preparação:
Corte a couve-roxa em fatias muito finas com uma faca comprida, ou use uma fiambreira, se tiver. Aqueça o azeite numa frigideira larga com os alhos esmagados. Deite a couve-roxa e deixe cozinhar em lume brando por 30 a 45 minutos, até amolecer. Coza o esparguete em água abundante e salgada. Escorra e misture a couve com o esparguete. Tempere com sal e pimenta. Sirva de imediato.

O resultado é um esparguete untuoso, intercalado por tiras adocicadas de couve-roxa. Muito guloso. É um prato que surpreende muito pela positiva. Experimentem pelo menos uma vez.

11 comentários


Cal Moreira disse...

As histórias que envolvem as comidas dão o sabor especial...Adoraria receber uma visita sua no meu blog Maça do Amor (blig.ig.com.br/primeiramordida). Apareça e depois me diga o que achou.
Um abraço
Cal Moreira


risonha disse...

ainda bem que conheceste a Federica, assim ao menos aprendeste esta receita que partilhaste conosco...


Marcia disse...

Bem, como minha cozinha não fica sem os vermelhinhos, vim aqui ver o que havia.
Só delicias!


ameixa seca disse...

Sempre achei que radacchio e couve-roxa eram coisas distintas. Afinal, enganei-me :) Óptimo aspecto!


Filipa disse...

Adoro couve roxa mas nunca a provei cozinhada com azeite e esparguete mas esta sua foto me abriu o apetite. Beijinhos


borboleta africana disse...

Bendita Federica...
Costumo comer couve-roxa muitas vezes (à espanhola),"suada" só com azeite e alho. Ás vezes adiciono maçã.
É um óptimo acompanhamento.
Agora com massa nunca experimentei. Deve ficar divinal.


Chef Janvier disse...

A Federica falava-me de uma versão cheia de finas rodelas de cebola que também iam lume com o azeite e com a couve-roxa. Na altura experimentei e tornou-se um prato com alguma regularidade em casa da minha mãe, embora o meu pai olhasse para estas comidas italianas com um desprezo distante.


KRUTISNYTAS disse...

Adoooro cozinhar e estou sempre em busca de novas receitas esta me fez ficar com fome vou fazer amanhã


KRUTISNYTAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Anónimo disse...

Pois o Radichio e Couve-Flôr são legumes completamente diferentes, nem são da mesma família !!!...


Anónimo disse...

skeyoneRadicchio é uma espécie da família da chicória, não tem nada a ver com a couve roxa. Mas claro que quase tudo o que se pode fazer com um, pode fazer-se com a outra...


 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff