24 Fevereiro 2010


Às vezes há receitas que se encontram na Internet a que é impossível resistir. O 'Bolo de chocolate para agradar multidões' que a Patrícia Scarpin publicou no Technicolor Kitchen foi um desses casos, pelo menos para mim. Experimentei-o e não me desiludi, é um belo bolo de chocolate! A Patrícia sugere acompanhá-lo de crème fraîche ou chantilly, mas eu acrescento uma sugestão: uma fatia de bolo acompanhada de uma bela colherada de iogurte grego natural e de alguns frutos vermelhos. É uma combinação perfeita!


Ingredientes:
125g de avelãs
80g de farinha de trigo
22g de cacau em pó
1 colher de chá de fermento em pó
280g de chocolate negro
200g de manteiga sem sal
1,5 colheres de sopa de café expresso
5 ovos
218g de açúcar


Preparação:
Prepare os ingredientes: triture finamente as avelãs, pique o chocolate em pedaços pequenos (na picadora ou usando uma faca grande de pão, que é óptima para cortar chocolate!), separe as gemas das claras dos ovos, e corte a manteiga em pedaços (se necessário, amoleça-a 5 ou 10 segundos no microondas).

Ligue o forno a 180º e prepare uma forma, untando-a com manteiga e forrando com papel vegetal (untando-o também).

De seguida, comece a preparar a massa: num recipiente junte as avelãs com a farinha, o cacau e o fermento. Misture bem e reserve. Noutro recipiente derreta o chocolate com a manteiga e o expresso (o ideal é em banho-maria, embora também o possa fazer no micro-ondas - neste caso tenha muito cuidado para não queimar o chocolate, caso contrário não terá forma de o recuperar!...). Assim que estiver derretido e misturado, deixe arrefecer uns minutos e junte as 5 gemas, mexendo bem.

Bata agora as claras até começarem a ficar firmes e continue a bater, juntando o açúcar a pouco e pouco. Obterá um merengue firme. Com uma espátula, vá envolvendo com cuidado o merengue na mistura de chocolate derretido. Por fim, junte a mistura de avelãs, farinha, cacau e fermento que tinha reservado. Misture bem, deite na forma e leve ao forno por cerca de 35 minutos. Use um palito para testar a massa, não deixando assar demasiado.

Retire do forno. Depois de arrefecer desenforme, polvilhe com cacau e está pronto a servir!

18 Fevereiro 2010


Nunca tinha visto a revista Olive, publicada pela BBC, mas é uma boa revista de culinária, com algumas propostas interessantes. Nem de propósito, no dia em que a comprámos tínhamos duas postas de salmão para fazer e queríamos tentar algo diferente - esta receita veio a calhar. A marinada dá um sabor muito agradável ao salmão, e a salada de rúcula com feijão branco e limão é um achado!


Ingredientes:
2 postas de salmão (ou filetes)
1 colher de sopa de mel
1 colher de sopa de mostarda à antiga (com grão)
1 dente de alho
1 limão
1 lata de 400g de feijão branco
azeite
rúcula
sal
pimenta


Preparação:
Raspe o limão, reservando a raspa. De seguida esprema-o e guarde o sumo. Comece a preparar a marinada misturando o mel com a mostarda e juntando um fio de sumo de limão (só um pouco - guarde o restante para os feijões). Finalmente, tempere a marinada com sal e pimenta e envolva bem o salmão na mistura. Deixe repousar durante alguns minutos.

Entretanto, prepare a salada para acompanhar: retire os feijões da lata, passe-os por água, escorra-os bem e reserve. Deite um fio de azeite numa frigideira e junte o dente de alho previamente esmagado. Deixe aquecer em lume muito brando (cuidado para o alho não queimar!) durante 3 ou 4 minutos, até o aroma do alho se espalhar pelo azeite. Retire o alho da frigideira e deite-lhe os feijões, envolvendo-os bem no azeite. Junte a raspa do limão e o restante sumo. Cozinhe durante uns minutos, envolvendo bem os feijões. Tempere com sal e pimenta. Deite para uma saladeira, misturando com a rúcula, e reserve.

Finalmente, aqueça um grelhador e grelhe o salmão até ficar no ponto. Sirva acompanhado com a salada de rúcula e feijão.

16 Fevereiro 2010


Ao folhear o livro 'One Perfect Ingredient', de Marcus Wareing (já dele falámos aqui e aqui), esta receita chamou-me a atenção. Eu nunca fui grande fã de beringelas, mas as especiarias e os restantes ingredientes da receita prometiam. E tenho de admitir que fiquei surpreendido - é uma refeição simples de fazer, muito aromática e que vale por si.
Atenção apenas a um ponto - com estas quantidades de pimenta, a receita fica picante. Se isso não vos agradar, cortem na pimenta caiena.

Ingredientes:
2 colheres de chá de cominhos
1/2 colher de chá de canela moída
1/2 colher de chá de pimenta caiena
1/2 colher de chá de pimenta preta moída
azeite
2 beringelas
2 colheres de chá de tomate em puré
100ml de caldo de legumes
300g de iogurte grego natural não açucarado
sal
pimenta
coentros


Preparação:

Lave as beringelas e corte-as às rodelas. Espalhe-as num tabuleiro e polvilhe-as com sal grosso. Deixe-as repousar durante cerca de 30 minutos, para libertarem os sucos amargos que contêm. Passado esse tempo, lave-as bem e corte-as aos cubos.

Leve uma frigideira grande a lume brando e deite-lhe as especiarias (cominhos, canela e as duas pimentas). Aqueça-as por cerca de 2 ou 3 minutos até começarem a libertar aroma. Deite um fio de azeite e junte as beringelas. Tempere com um pouco de sal, mexa bem e deixe cozinhar em lume médio/alto até as beringelas ficarem douradas (cerca de 5 a 8 minutos).

Nesta altura, junte o tomate e o caldo de legumes e mexa para misturar bem. Tape a frigideira com uma tampa e deixe cozinhar até as beringelas estarem macias - demorará cerca de 10 minutos (vá mexendo de vez em quando). Prove e corrija os temperos, se necessário.

Finalmente, deite o iogurte grego sobre as beringelas e misture-o com o molho. Corte os coentros em pedaços, espalhe por cima e sirva imediatamente.

02 Fevereiro 2010

O saco das castanhas congeladas andava ali pelo congelador a pedir ideias. Passaram-se meses. A cara-metade perguntava para que seriam as castanhas, e eu sem respostas. Até que a receita certa, italiana, do livro do Chef Gemelli, me deu a solução. Receita prática – não é preciso fazer uma base em massa – e simples de preparar, fica vistosa. O sabor é delicado, suavemente doce, que a castanha não é dada a grandes doçuras. Por não enjoar, cai-se na tentação de mais uma fatia.

Ingredientes:

400 g de castanhas cozidas
100 g de miolo de amêndoa
200 g de açúcar
100 g de manteiga sem sal
4 ovos inteiros
Raspa de 1 limão
Açúcar em pó para decorar

Preparação:

Coza as castanhas (compre congeladas sem pele) em água com um pouco de sal e erva doce. Reduza a puré, com um garfo ou batedeira. Triture o miolo de amêndoa para obter uma farinha grossa. Separe as claras das gemas. Bata as gemas com o açúcar, e adicione a manteiga derretida e a raspa do limão. De seguida junte as amêndoas e as castanhas em puré e envolva tudo nas claras, já batidas em castelo.

Unte uma forma de tarde com manteiga e farinha, e leve a massa a cozer ao forno a 180 ºC por uma meia hora. Decore generosamente com açúcar em pó.

A partir de ontem à noite, quem quiser seguir-nos no Facebook pode tornar-se fã da nossa página aqui.
 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff