25 janeiro 2007

25 janeiro 2007

Mousse de camarão em cana-de-açúcar

5 comentários
 
Em Novembro passei duas semanas no Vietname, e vim de lá fascinado pela cozinha do país. Um dos pratos mais saborosos que provámos foi esta receita, que experimentámos por duas vezes - a primeira num fabuloso restaurante em Hoi An, o Hong Phuc, no qual também comi um dos melhores peixes que provei até hoje, cozinhado em folha de bananeira (infelizmente, não fiquei com a receita...), e a segunda na cidade de Ho-Chi-Minh.
Ontem tentei fazer a minha versão deste prato, com base numa receita publicada num livro que trouxe, Authentic Recipes from Vietnam. Como infelizmente não tinha todos os ingredientes à mão, acabei por improvisar um pouco, principalmente no molho agri-doce. O resultado foi bastante agradável - o molho agri-doce estava muito saboroso (embora demasiado picante, excedi-me no chili) e a mousse de camarão estava boa, embora com espaço para melhorias - grelhei-a em lume demasiado alto e acabou por não ficar uniforme (daí ter-se separado com alguma facilidade da cana-de-açúcar ao colocar no prato, como se vê na foto...). Mas é assim que se vai sabendo o que corrigir nas próximas vezes...
Deixo aqui a receita tal como a fiz.

Ingredientes para o molho agri-doce:
1 colher de sopa de azeite
3 dentes de alho picados
2 chalotas, cortadas finas
1 cenoura pequena, cortada em pedaços
chili em pó (em alternativa, um chili cortado em pedaços)
2 colheres de sopa de açúcar
sal
pimenta branca moída na altura
2 tomates em cacho (em alternativa, 1 tomate normal, mas pequeno)
60 ml vinagre balsâmico
1 colher de sopa de maisena misturada com uma colher de chá de água

Preparação:
Aqueça o azeite numa caçarola em lume médio e deite o alho. Deixe alourar (1 a 2 minutos) e junte as chalotas, a cenoura e o chili (atenção: se usar chili em pó não abuse - o molho deve estar picante, mas não de forma exagerada) e deixe fritar por mais 1 a 2 minutos. Tempere com o açúcar, o sal e a pimenta, seguidos dos tomates e do vinagre. Esmague os tomates com a colher de pau, por forma a libertarem sumo.
Deixe ferver e engrosse com a maisena misturada com água.
Baixe para lume brando, vá mexendo durante mais um pouco (se estiver muito seco, junte mais um pouco de vinagre, deixando ferver mais um pouco) e retire do lume, reservando numa tigela até à altura de servir.


Ingredientes para a mousse de camarão em cana-de-açúcar (2 pessoas):
300g de camarão descascado
1 colher de chá de açúcar
1/2 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de pimenta branca moída
50g de frango picado (pode ser usada carne de vaca, em alternativa)
1/2 colher de chá de maisena
2 colheres de sopa de azeite
8 pedaços de cana-de-açúcar frescos ou enlatados

A cana-de-açúcar encontra-se enlatada em alguns supermercados (em Lisboa encontrei no Corte Inglés). Deve ser escolhida uma lata que tenha pedaços relativamente compridos (há latas que têm a cana-de-açúcar cortada em pedaços pequenos - essas não servem para esta receita).
Comece por colocar o camarão, o açúcar, o sal e a pimenta numa misturadora e triture tudo até obter uma pasta. Deite a pasta para uma tigela, junte o frango picado e a maisena e misture bem.
Unte as mãos com um pouco de azeite, coloque um pouca da mistura numa das mãos e envolva com ela o meio de uma das canas-de-açúcar. Repita com o resto da mistura e das canas.
Grelhe numa frigideira grill, em lume brando/médio até ficar dourado por todos os lados.
Sirva quente, acompanhado com o molho agri-doce.
Ah, e coma com pauzinhos!...

5 comentários


Pedro disse...

Para encontrar ingredientes mais exoticos na região de Lisboa, experimentem o Exotic Asia Market em Sacavem: http://www.eam.com.pt/main_eam.swf

A receita parece fantastica. será que podiam também colocar a original?

Parabéns pelo site/Blog.


Chef Spadanini disse...

Pedro,
Estou para visitar o Exotic Asia Market há algum tempo, para me abastecer de alguns ingredientes essenciais para algumas outras receitas que lá tenho.
No caso particular desta, alguns dos ingredientes que me faltavam nem sequer eram muito exóticos - por exemplo (e tenho quase vergonha de falar disto...), quando comecei a cozinhar reparei que me faltava o vinagre para o molho agri-doce - daí ter de usar balsâmico, que tem um sabor completamente diferente. De qualquer forma, o molho ficou extremamente saboroso, embora talvez não tão genuíno... ;)
Vou ver se não me esqueço de colocar a receita original (não a tenho agora aqui), para comparação. :)


Elvira disse...

O meu marido e eu vivemos alguns tempos por essas bandas. Adoramos comida asiática. Obrigada por partilhar as receitas connosco.


Elvira disse...

PS: também aconselho a zona do Martim Moniz em Lisboa onde há bastantes mercearias chinesas. E Samora Correia, que tem muitas lojas chinesas de alimentação dentro dos centros comerciais grossistas.


Anónimo disse...

A amesentação está correcta :)


 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff