30 Dezembro 2012

30 Dezembro 2012

Grão com batata-doce assada e cominhos

7 comentários
 
Se alguém ainda achar que a comida vegetariana é desinteressante e sem sabor, este prato é ideal para mudar de vez essa ideia.

A receita vem do livro "More From The Accidental Vegetarian", de Simon Rimmer, de quem já aqui falei uma ou outra vez. É uma receita curiosa, porque à partida parece ser só um prato de... grão e batata. Mas quando se prova é surpreendente, porque é muito mais do que isso - os cominhos, o aipo, o pimento, o piri-piri... todos os ingredientes contribuem para dar um grande sabor ao prato. Apetece repetir e repetir...

(Nota: a receita de Rimmer tinha batatas normais, mas a batata-doce fica aqui muito bem!)


Ingredientes (4 pessoas):

Para as batatas:
8 batatas-doces
1 dente de alho
1 colher de sopa de sementes de cominho
cominhos em pó
sal
pimenta
azeite


Para o grão:
cerca de 800g de grão enlatado escorrido
200ml de crème fraîche
1 cebola vemelha
1 pimento vermelho
3 talos de aipo
1 dente de alho
2 piri-piris pequenos
1 colher de sopa de molho de tomate
1 colher de chá de pimentão
1 mão-cheia de folhas de espinafre 'baby'
algumas folhas de erva-cidreira fresca
azeite
sal
pimenta


Preparação:
Comece por descascar e cortar em cubos as batatas-doces. Ligue o forno a 180º em modo ventilado. Coloque as batatas num tabuleiro de forno, regue com azeite, tempere com o sal e a pimenta, misture bem, envolvendo as batatas no azeite e leve a assar no forno.

Passados dez minutos polvilhe com as sementes de cominho e um pouco de cominho em pó. Junte o dente de alho esmagado e leve novamente ao forno por mais cerca de um quarto de hora ou até as batatas estarem assadas (pode deixar mais tempo se gostar delas mais douradas/tostadas).

Agora o grão - pique a cebola e os talos de aipo. Limpe o pimento e os piri-piris de todas as sementes e pique-os também. Deite um fio de azeite numa frigideira grande, leve ao lume e junte a cebola, o pimento, o aipo, os piri-piris e o dente de alho esmagado. Deixe cozinhar por cerca de dez minutos. Nessa altura junte o pimentão e o puré de tomate. Mexa bem, ligando todos os ingredientes e deixe cozinhar mais cinco minutos. Junte o grão e o crème fraîche. Misture tudo muito bem. Tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar um ou dois minutos. Prove e corrija os temperos se necessário. Finalmente adicione as folhas de espinafre e a erva-cidreira picada. Misture novamente, mais um ou dois minutos e está pronto!

Sirva o grão com as batatas por cima, acompanhando com um bom vinho!

7 comentários


dicionariogastronomico disse...

adorei esta receita :)
a variedade de ingredientes deve resultar na perfeição, e se é vegana haveria de adorar com certeza :)
um beijinho,
Margarida


Chef Janvier disse...

Está-me a apetecer fazer isto - parece mesmo bom. Vou experimentar sem as natas, e colocando mais molho de tomate para compensar um pouco. Onde arranjas tu as folhas de erva cidreira frescas?


Chef Spadanini disse...

Margarida, a receita é ovo-lacto-vegetariana devido ao crème fraîche. Se este for retirado, então sim, é vegan.


Chef Spadanini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Chef Spadanini disse...

Chef Janvier, há erva-cidreira no Continente :)


Tertúlia da Susy disse...

Olá,
Adorei esta receita. Diferente mas, com ótimo aspeto.
Bom ano 2013
Visite-me em http://tertuliadasusy.blogspot.pt
Susy


Mafalda disse...

Pois que ando muito tentada em experimentar... no outro dia comi uma feijoada vegetariana e adorei. tenho que experimentar este prato que parece delicioso.
Bjs e bom fim de semana


 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff